Community

Finais Definidas Para A Copa Continental Da International Functional Fitness Federation

December 15, 2020 by
Image - Training Day Media
Enjoying Morning Chalk Up? Access additional exclusive interviews, analyses, and stories with an Rx membership.

Editor’s Note: This story was translated to Portuguese by Axel Gouveia from the original English version, which you can read here.

As finais da Copa Continental da International Functional Fitness Federation (iF3) de 2020 estão definidas depois de uma competição online e mundial ser concluída no final do dia na segunda-feira. Um total de 12 homens, 12 mulheres e 10 times avançaram para as finais, com direito à premiação e uma vaga garantida para o campeonato mundial da iF3 programado para acontecer na Austrália.

Relembrando: Os rounds preliminares do final de semana passada foram uma competição virtual para os melhores atletas de cada país com uma Federação Nacional de Fitness Funcional.

  • Os atletas individuais foram testados em seis provas com o relógio corrido que mediram componentes chaves do fitness funcional.
  • Os times seguiram um formato similar em suas provas.
  • As preliminares foram divididas em quatro regiões
  • O top 3 de cada região se classificou para as finais da Copa Continental, que começam no dia 19 de Dezembro e também serão virtuais.
  • O desempenho dos atletas foi transmitido no canal do YouTube da iF3 24 horas depois do término da prova por cada um deles.

Aqui vai um relato do que aconteceu em cada região:

Américas

  • Homens: O Campeão Nacional de CrossFit da Venezuela, Omar Martinez, se colocou como um dos favoritos ao título internacional. O atleta dos Games de 2019 se distanciou dos seus competidores, ganhando por 14 pontos. Ele ganhou dois eventos, e teve o melhor tempo do mundo no teste quatro, finalizando um couplet de strict handstand push-ups e pistols em 3:16. O canadense Stephane Cossette ficou em segundo lugar depois de ganhar o teste final, “Power”, completando 25 ground-to-overheads em 55 segundos, um dos únicos três atletas da competição a terminar a prova em menos de um minuto. O porto riquenho, Luis Nuñez terminou em terceiro lugar, graças a quatro colocações dentro do top cinco.
  • Mulheres: Uma adolescente é a campeã da região das Américas. A atleta de quinze anos, Emma Lawson, começou a competição com uma vitória no evento “Endurance” e então conseguiu cinco segundos lugares consecutivos, garantindo sua vagas nas finais. A duas vezes atleta dos Games na categoria teen e terceira mais condicionada do mundo de 14-15 anos, terminou com 11 pontos. O seu tempo de 10:36 no primeiro evento ficou empatado com o terceiro melhor do mundo. A veterana dos Games e três vezes Campeã Nacional de CrossFit da Argentina, Melina Rodriguez ficou em segundo lugar com 15 pontos. Depois de um começo devagar, com uma décima colocação no evento 1, ela conseguiu cinco primeiras colocações consecutivas, se destacando pelo seu tempo de 1:10 no último evento, “Power”. Seu tempo foi o melhor do mundo, seguido pelo da Lawson que fez em 1:13. A Melina também teve o segundo tempo mais rápido do mundo no teste quatro, “Skill’, e o terceiro melhor tempo no teste três, “Bodyweight”. A canadense Karen Laroche ficou em terceiro com 30 pontos.
  • Times: Essa região teve a briga mais acirrada para as três vagas. Os EUA conseguiram pegar uma vaga depois de ganhar o evento final, ficando um ponto na frente da Argentina e do Brasil. O time dos EUA composto por, Cameron Kolling, Aime Jindra, Dakota Lietka e o atleta da Central Regional de 2016, Tatum Edwards ganhou dois eventos e só ficou fora do top 3 em um, com um quarto lugar no teste cinco. A Argentina também conseguiu duas vitórias com seu experiente time. Nicolas Cortes e Matho Vinzcarra foram colegas de time em três Regionais da América Latina, incluindo uma segunda colocação com o time Q21 na Regional de 2018. A sua colega de time, Kiara Priscilla Schneider, foi a adolescente mais bem condicionada da Argentina nos últimos três anos, ficando em 23° lugar no qualifier das categorias de idade no ano passado. O tempo de 11:26 do time no teste cinco foi um dos melhores do mundo e tiveram o segundo melhor tempo do mundo no teste quatro. O time brasileiro foi liderado pela atleta individual da Regional da América Latina de 2018, Thatianne Freitas, que ajudou o time a conquistar duas vitórias.

Oeste Europeu

  • Homens: O espanhol Javier Fernández, o francês Stephane Ossanga e o norueguês Marius Pettersen já competiram entre si pela Europa em várias ocasiões, inclusive nas Regionais. Esses três ficaram praticamente empatados durante quase toda a competição online, com Fernández e Ossanga terminando com 26 pontos e Pettersen com 27 pontos. Como o Fernández teve duas vitórias de eventos ele levou no desempate. Uma das vitórias do Javier foi no teste um, “Endurance”, onde ele completou três rounds de 150 double unders com dois rounds de 750 metros de remo em 9:26. Stephane foi consistente, só ficou fora do top quatro uma vez. E Marius conseguiu ficar à frente do italiano Pietro Anderloni graças a uma vitória no teste dois, “Strength”.
  • Mulheres: A segunda atleta mais condicionada de 2019, Kristin Holte ficou em primeiro lugar, representando a Noruega. Ela ficou com o melhor resultado em todas as classificatórias, com 9 pontos. Ela venceu quatro provas, com o destaque pro teste três, “Bodyweight”, em que ela completou 75 toes-to-bar em 2:10, o melhor tempo do mundo. Outra norueguesa, a Jacqueline Dahlstrom ficou em segundo lugar com 15 pontos, com três segundos lugares e três terceiros lugares. Mikaela Norman completou o pódio, finalizando com 35 pontos.
  • Times: O time norueguês dominou como nenhum outro nas preliminares, com cinco vitórias e uma segunda colocação no último evento. Constituído de antigos atletas das Regionais, incluindo o segundo homem mais condicionado da Noruega, Anders Grønsund, o time teve os melhores tempos do mundo em cinco eventos, o que os torna os favoritos para as finais. A Suécia ficou 1 ponto à frente da França, garantindo o segundo lugar na região. Com dois atletas das Regionais, Angelica Bengtsson e Oscar Andersson, eles foram o único time capaz de ganhar um evento dos noruegueses, ganhando o teste cinco com um tempo de 11:32, o segundo mais rápido do mundo. O time francês, liderado pelo veterano das Regionais Yohann Gigord, finalizou as preliminares com três segundos lugares e dois terceiros lugares.

Leste Europeu

Image – International Functional Fitness Federation
  • Homens: Uldis Upenieks veio para a competição como um dos favoritos e depois das preliminares ele mostrou o porquê. Representando a Letônia, o atleta dos Games de 2019 ganhou três eventos e fez o melhor tempo do mundo em dois deles, e finalizou com 11 pontos, o melhor resultado das preliminares. Ele teve o melhor tempo do mundo no teste dois, “Strength” e no teste três, “Bodyweight” terminando o primeiro em 2:10 e o segundo em 2:27. Kristóf Horvath, campeão Nacional de CrossFit da Hungria, ficou em segundo lugar com 24 pontos, um ponto à frente do letão Marcis Mucenieks. Horvath ganhou apenas um evento e bateu o recorde, completando o teste cinco, “Mixed”, um triplet com calorias de remo, kettlebell swings e burpees por cima do remo em 11:41. Mucenieks também ganhou um evento, completando o teste seis, “Power”, em 47 segundos.
  • Mulheres: A russa Svetlana Kubyshkina levou para casa as honras da região do leste europeu com 9 pontos, empatando com a Kristin Holte no melhor resultado entre todos os atletas competindo. Ela ganhou três eventos e ficou em segundo nos outros três. Fedra Szakolczai e Kitti Kovács, ambas húngaras, tiveram uma disputa acirrada pela segunda colocação, a Szakolczai acabou levando a melhor com uma vitória no último evento, que a colocou um ponto à frente.
  • Times: O time húngaro foi o único a completar todos os testes e vai ser o único a avançar para as finais representando a região do leste europeu.

África/Asia/Austrália

  • Homens: O japonês, Tomohiro Itaya, empatou com Upenieks com o maior número de vitórias entre os homens, 3, garantindo o titulo da sua região. Lim Woo Young ficou em segundo lugar com 21 pontos, apesar de não ganhar nenhum evento, o coreano não ficou fora do top 5 em nenhum. O australiano Jake Law garantiu a terceira vaga para as finais com uma vitória no último evento, assim ficando à frente do egípcio Abdulrahman Sulayman. Jake teve duas vitórias durante as preliminares, uma delas foi no teste um, “Endurance”, onde teve o segundo melhor tempo do mundo, com 9:31.
Image – Korea Functional Fitness Association
  • Mulheres: A disputa mais acirrada pelo título de uma região aconteceu entre a japonesa Yuko Sakuyama, campeã nacional do Japão em 2020, e a australiana Jessica Coughlan. Yuko Sakuyama garantiu a vitória por um ponto sobre a Jessica Coughlan com uma diferença de dois segundos no evento final, “Power”, completando 25 ground-to-overheads em 1:33. Yuko, uma atleta que já participou das Regionais da Ásia seis vezes, também ganhou o teste quatro, “Skill”, completando a prova que continha strict déficit handstand push-ups e pistols em 3:00, o melhor tempo entre as atletas femininas. Jessica Coughlan terminou o evento com 3 vitórias. E a coreana Woo Seumg A garantiu a terceira colocação, ajudada por sua vitória no teste “Endurance”.
  • Times: A decisão do título ficou para o último evento, com os times da Coreia, Austrália e Egito com uma diferença de um ponto entre si. Liderados pelo campeão nacional Jung da Won e atleta das Regionais, Choi Mi Jeong, Hyeong Jae Park e Yong Jun Lee, o time coreano levou a melhor sobre os australianos, ficando um ponto à frente. Eles tiveram duas vitórias e três segundos lugares. Os australianos, liderados pelo atleta das Regionais, Callum Foster, também tiveram duas vitórias. Os egípcios ganharam o último evento com um tempo de 5:56, o segundo melhor do mundo, garantindo a terceira colocação. O atleta de 21 anos, Mohamed Sherif Mohamed, e seu time ganharam os dois últimos eventos, conquistando a vaga para as finais.

Get the Newsletter

For a daily digest of all things CrossFit. Community, Competitions, Athletes, Tips, Recipes, Deals and more.

This field is for validation purposes and should be left unchanged.