Segurança Em Primeiro Lugar: Atletas Entram Na Bolha

October 18, 2020 by
Photo Credit: CrossFit LLC (intsagram.com/crossfitgames)
Enjoying Morning Chalk Up? Help to ensure that we can continue to be an independent voice for the community and sport we love by supporting our journalism today.

Editor’s Note: This story was translated to Portuguese by Axel Gouveia from the original English version, which you can read here.

Nos últimos anos, a preparação dos atletas e da equipe de trabalhadores começou bem antes da semana oficial de início dos Games.

E para os CrossFit Games 2020 nada mudou, só foi dada uma prioridade na saúde e segurança individual de cada pessoa devido à pandemia do COVID-19. Como resultado, a viagem, o check-in, e os protocolos dos bastidores serão diferentes dos anos anteriores para todos envolvidos. 

Entrando na bolha: Os CrossFit Games vão instituir um sistema de “bolha”, onde todos os atletas e participantes do evento vão ficar isolados do público durante a semana da competição, com rígidos protocolos em todos os pontos da viagem começando antes de saírem de casa para Aromas.

  • Antes da viagem: Todos que vão entrar na bolha precisam enviar um teste de COVID com resultado negativo antes de viajarem para a Califórnia. A amostra da saliva é enviada fisicamente, enquanto o laboratório responsável pelo teste monitora e confirma o resultado via chamada no Zoom.
  • Assim que chegarem: Um segundo teste é feito no momento em que os atletas vão entrar na bolha e depois todos precisam ficar de quarentena em seus quartos de hotel até a confirmação de que este também deu negativo.
  • Daí em diante: Os atletas não poderão sair do hotel para nada além de eventos ou atividades oficiais dos Games. Todo o translado será provido pela CrossFit em todas as ocasiões.

Importante ressaltar: Todos os atletas poderão ter uma pessoa de suporte principal para ficar dentro da bolha durante a semana dos Games. Essa pessoa também deve seguir todos os protocolos listados acima, vai dividir o quarto do hotel com o atleta, e em nenhum momento é permitida a entrada de outra pessoa além deles dentro do quarto.

  • Enquanto durarem os estoques: Os atletas e a sua pessoa de suporte principal devem adquirir toda a comida e suprimentos necessários fora dos serviços providos pela CrossFit e antes de fazerem o segundo teste de COVID.
  • Ajuda extra: Os atletas podem ter ajuda extra além da sua pessoa de suporte principal, porém, essas pessoas não podem entrar em contato direto com o atleta ou a pessoa de suporte, e toda e qualquer comida ou suprimento comprado para os atletas deverão ser entregues em uma área designada pela CrossFit.
  • Já vimos isso antes: Tanto a NBA quanto a NHL implementaram estratégias de “bolha” similares para conseguirem finalizar a temporada que foi interrompida pela pandemia. A NHL usou duas “cidades hub” – Edmonton e Toronto – onde os times ficaram isolados até o fim da temporada, enquanto a NBA fez um investimento de 170 milhões de dólares para garantir a Walt Disney World como local da sua bolha.
  • Um grande sucesso: Em ambas as situações as estratégias da “bolha” funcionaram. A NHL e a NBA finalizaram as suas temporadas sem qualquer grande problema e reportaram, exatamente, zero resultados positivos de COVID. Só a NHL fez 33.174 testes.

Conclusão: Depois de meses de atraso, dúzias de eventos cancelados, e milhões de dólares perdidos, estamos na reta final de um cenário, antes improvável, onde a temporada dos CrossFit Games 2020 pode finalmente chegar a um fim. Por mais rígida que a “bolha” pareça ser, é certo que a equipe dos CrossFit Games não medirá esforços para garantir que finalmente alcancemos a linha de chegada.

Get the Newsletter

For a daily digest of all things CrossFit. Community, Competitions, Athletes, Tips, Recipes, Deals and more.

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.