Atletas da Mayhem São Liberados para Competir, a CrossFit Estende o Prazo de Elegibilidade

January 29, 2021 by
Image Credit: Andrea Nisler
Enjoying Morning Chalk Up? Access additional exclusive interviews, analyses, and stories with an Rx membership.

O recente anúncio sobre as novas adições à lista de atletas da CrossFit Mayhem Freedom causou um grande alvoroço em toda a comunidade, incluindo algumas controvérsias sobre a elegibilidade de dois dos três novos atletas.

Algumas pessoas chegaram ao ponto de criar contas fakes no Instagram e Reddit para criticar a adição da Andrea Nisler e do Chase Hill à lista, alegando que eles eram inelegíveis devido a violações de proximidade, no caso da Andrea Nisler, e ambos os atletas terem sido anteriormente os licenciados de registro (LOR) para afiliados diferentes da CrossFit Mayhem.

  • A seção 1.14 do Livro de Regras declara: “Além de serem membros ativos da equipe do afiliado da CrossFit, todos os atletas devem morar dentro de 100 milhas (160 km) do afiliado da CrossFit que representam.”
  • A seção 1.17 do Livro de Regras afirma: “O Licenciado do Registro (LOR) de um afiliado não pode competir em qualquer equipe que não seja uma equipe de seu próprio afiliado. O LOR de um afiliado não pode ser alterado para permitir que o LOR original concorra por uma equipe diferente. Se o LOR de um afiliado for alterado entre 1º de janeiro e o fechamento do primeiro evento Open, tanto o LOR original quanto o novo LOR só podem competir em uma equipe desse afiliado durante a temporada de CrossFit Games. ”

A regra de 100 milhas afetou apenas Andrea Nisler, que foi morar com a companheira de equipe, Taylor Wllliamson, para cumprir o requisito. Williamson mora na área metropolitana de Knoxville, no Tennessee, e se mudou meses atrás para estudar para se tornar uma assistente médica.

Tanto Chase Hill quanto Andrea Nisler eram anteriormente os LORs de afiliados que não a Mayhem, mas tomaram as medidas necessárias para garantir sua elegibilidade. Chase Hill solicitou a troca do LOR do seu afiliado antes do prazo, o que Rich Froning confirmou durante uma aparição no podcast Talking Elite FItness.

  • Froning: “Chase se adiantou e se preveniu, ele tem o e-mail e todos os contatos antes de 1º de janeiro tentando mudar o LOR.”

Andrea Nisler não trocou o LOR do seu afiliado antes de 1º de janeiro, mas é importante observar que o livro de regras que estabelecia os novos padrões de elegibilidade para a Copa de Afiliados só foi publicado no dia 7 de janeiro.

  • Andrea Nisler contatou a CrossFit imediatamente e recebeu a confirmação deles para fazer alterações imediatas sobre o LOR de sua afiliada para garantir sua elegibilidade de competir pela Mayhem Freedom.
  • Nisler: “Mandei um e-mail para a CFHQ no dia em que as regras foram publicadas e eles concordaram com isso. O LOR foi alterado assim que as regras foram lançadas. ”

O Morning Chalk Up entrou em contato com a CrossFit para obter esclarecimentos sobre as questões de elegibilidade em relação a todos os atletas e equipes em potencial, e recebeu a seguinte declaração.

  • “Após várias perguntas sobre o prazo final de 1º de janeiro para o status de Licenciado de Registro (LOR) no Livro de Regras, a CrossFit decidiu estender para 15 de fevereiro para garantir que não haja confusão e todos os atletas tenham tempo suficiente para alterar seu status LOR conforme necessário para participar de suas equipes pretendidas. Vamos publicar um Livro de Regras atualizado com essa nova data na sexta-feira. Além disso, a CrossFit está alinhando quaisquer requisitos de documentação de comprovação do endereço para elegibilidade com o mesmo prazo final de 15 de fevereiro. Quaisquer atletas ou equipes com dúvidas sobre os requisitos da competição devem entrar em contato com [email protected], e faremos o nosso melhor para resolver essas questões ou problemas.”

O panorama geral: Este tipo de ajuste para elegibilidade faz sentido nesta temporada, especificamente devido ao contexto do momento e da natureza do lançamento do Livro de Regras. Ele incluía mudanças radicais no formato da equipe, incluindo prazos não anunciados até que esses prazos tivessem passado.

  • Uma analogia do mundo real: seria como um professor atribuindo um trabalho sem um prazo especificado, em seguida, aparecendo para a aula um dia apenas para revelar que o prazo era seis dias antes e, posteriormente, reprovando todos que não tinham seus trabalhos prontos para entregar na hora.

Parece razoável, então, que a CrossFit tenha reservado um período de carência aplicável igualmente a todos, onde os atletas e afiliados podem fazer as mudanças necessárias no meio de uma pandemia global para se adequar aos critérios de elegibilidade. Isso vai muito além do escopo da equipe da Mayhem Freedom e destaca a flexibilidade que a CrossFit está disposta a exercer neste momento em que estamos vivendo.

Get the Newsletter

For a daily digest of all things CrossFit. Community, Competitions, Athletes, Tips, Recipes, Deals and more.

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.