Novo Ano, Novos Atletas Para a CrossFit Mayhem Freedom

January 24, 2021 by
(Source: Gregg Wilson)
Enjoying Morning Chalk Up? Access additional exclusive interviews, analyses, and stories with an Rx membership.

Editor’s Note: This story was translated to Portuguese by Axel Gouveia from the original English version, which you can read here.


O atual campeão da Copa dos Afiliados, CrossFit Mayhem Freedom, terá um visual completamente novo para 2021, enquanto tenta conquistar seu quinto título dos Games, e o terceiro título consecutivo.

Uma combinação de acontecimentos pessoais e as novas regras que regem a competição por equipes forçaram a equipe mais dominante da história dos CrossFit Games a renovar sua lista de atletas mais uma vez, e uma nova era de competição vai ser inaugurada nesta temporada.

Relembrando: a equipe de quatro membros de 2020 da Mayhem Freedom incluía o proprietário e capitão da equipe Rich Froning, ao lado de Chyna Cho, Tasia Percevecz e a nova adição para a temporada Scott Panchik. A equipe venceu os dois Sancionados em que competiu antes da temporada ser interrompida e a competição por equipes nos Games ser cancelada (Strength in Depth, Wodapalooza).

Nesta temporada, Froning será o único atleta a retornar à equipe e ele terá que encontrar substitutos para os outros três lugares que vagaram. 

  • Scott Panchik voltou para a competição individual depois que as novas regras da equipe o fizeram ser inelegível devido ao fato de morar a mais de 160 quilômetros da CrossFit Mayhem. Além disso, se ele for o Licenciado do Registro (LOR) de seu afiliado, CrossFit Mentality, ele também será inelegível no caso de se mude para Cookeville.
  • Chyna Cho está em uma situação semelhante à do Panchik, fora da faixa de 160 quilômetros, vivendo no oeste da Califórnia gerenciando o Good For You CrossFit ao lado de seu marido Freddie Camacho.
  • Tasia Percevecz anunciou recentemente que iria desistir de competir em 2021 devido a alguns problemas adrenais e hormonais remanescentes do treinamento, e que se concentraria em ficar saudável e apoiar o treinamento da equipe junto com Chyna Cho e Haley Adams, que foi treinada pela Percevecz no Rancho para os Games de 2020.

O mesmo, mas diferente: a noção de que Rich Froning e companhia terão que renovar sua lista enquanto ainda mantém sua posição no topo da montanha não é nenhum absurdo, e sua capacidade de fazer isso repetidamente tem sido uma marca de seu domínio, evidenciado pelas listas de suas quatro equipes do campeonato. (Itálico indica novo atleta para a temporada.)

  • 2015 CrossFit Games: Rich Froning, James Hobart, Matt Hewett, Kristen Reffett, Elly Kabboord-Kearcher, Lauren Neal.
  • 2016 CrossFit Games: Rich Froning, James Hobart, Matt Hewett, Lindy Barber, Kristen Reffett, Elly Kabboord-Kearcher.
  • 2018 CrossFit Games: Rich Froning, Matt Hewett, Tasia Percevecz, Lindy Barber.
  • 2019 CrossFit Games: Rich Froning, Dre Strohm, Tasia Percevecz, Chyna Cho.
  • Temporada de 2020: Rich Froning, Scott Panchik, Tasia Percevecz, Chyna Cho.

Na verdade, nenhuma das equipes da Mayhem Freedom se manteve constante e isso só aumenta o tamanho da façanha. A competição por equipes evoluiu muito no nível de condicionamento físico dos atletas desde que Froning deixou a categoria individual.

Um idioma comum em esportes de grandes organizações é que “elas não reconstroem, elas recarregam” e, em temporadas anteriores, a Mayhem provou se adequar. A grande diferença neste ano é o tamanho da mudança na lista, nos anos anteriores, a equipe normalmente tinha que substituir um ou dois atletas, no máximo.

  • Mesmo a CrossFit Mayhem tendo provado ser um box de muitos talentos, substituir três ex-atletas individuais dos Games com uma experiência combinada de 18 aparições é uma tarefa difícil.

A salvação da Mayhem pode ser a vontade de um atleta de se mudar ou se deslocar para Cookeville, e em temporadas anteriores isso provou ser o caso com Lindy Barber, James Hobart, Elly Kabboord-Kearcher e Percevecz.

A regra do raio de 160 km ainda será um fator importante e deve-se notar que Nashville, um centro de treinamento recentemente popularizado para atletas como Brooke Wells, Alec Smith, Will Moorad e Streat Hoerner, fica a apenas 130 km de distância.

A grande questão: “quem irá completar a lista?”, continua sem resposta e a equipe da Mayhem permaneceu calada sobre o assunto. A equipe ainda não se inscreveu para o Open e selecionou a lista de atletas, que será a palavra final sobre quem será encarregado de levar o manto da Mayhem adiante em 2021.

Get the Newsletter

For a daily digest of all things CrossFit. Community, Competitions, Athletes, Tips, Recipes, Deals and more.

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.