Atletas Se Unem! Nasce a Professional Fitness Athletes’ Association

July 13, 2020 by
Photo Credit: PFAA (https://www.instagram.com/profitathletesassociation/)
Enjoying Morning Chalk Up? Access additional exclusive interviews, analyses, and stories with an Rx membership.

Editor’s Note: This story was translated to Portuguese by Axel Gouveia from the original English version, which you can read here.

Um rumor que vem se desenvolvendo há muito tempo no esporte do fitness finalmente tomou forma na Quinta-feira, com a formação da Professional Fitness Athletes’ Association (PFAA), sendo um caminho para os atletas da modalidade se organizarem coletivamente e apresentarem uma frente unificada de suas vozes e interesses. A PFAA é oficialmente incorporada como uma organização sem fins lucrativos com sede em Washington para servir as necessidades da comunidade de atletas do fitness competitivo, e a sua formação vem em um momento em que a comunidade do CrossFit e o esporte estão passando por grandes mudanças. Pela primeira vez na história, a CrossFit Inc está passando por um processo de mudança na propriedade e o esporte está passando pelas dificuldades causadas pela pandemia do COVID-19, ainda tentando salvar parte da temporada.

Entre os membros da PFAA atualmente estão todos os 60 atletas classificados para o CrossFit Games 2020, junto com mais alguns membros da comunidade que historicamente já tiveram grande importância na representação de outras áreas do esporte, como masters, teens, times e campeões nacionais ao redor do mundo.

  • Estatutos específicos e a constituição da PFAA estão em desenvolvimento e irão expandir o escopo da associação e seus membros para mais grupos como masters, teens, times, e atletas amadores também.
  • Oito membros interinos do comitê executivo já foram eleitos e incluem, Brent Fikowski, Tia-Clair Toomey, Chandler Smith, Steph Chung, Jenn Ryan, Patrick Vellner, Cole Sager, e Adam Neiffer.

A principal função da PFAA reside no seu poder de negociação coletiva, unificando os atletas para aumentar suas vozes e interesses, dando-lhes um assento à mesa quando se trata do futuro do esporte, o que inclui o processo de tomada de decisão para quaisquer mudanças ou melhorias. Algumas das questões imediatas incluem:

  • Segurança dos atletas: criar uma série de melhores práticas e padrões para competições e todas as suas diversas partes diferentes para assegurar que a segurança do atleta seja a principal prioridade. Isso também inclui discussões sobre maneiras de melhorar a saúde e longevidade da carreira de um atleta, quando se trata de frequência e programação de competições.
  • Competições justas: Nem todas as competições são feitas da mesma maneira, mas a imparcialidade de uma competição não deveria nunca ser questionada, em qualquer nível do esporte. Seja na forma de uma programação seguindo um viés específico, na qualidade do teste em cumprir o seu objetivo, um processo de apelação mais robusto com um sistema judicial terceirizado, e uma infinidade de outras questões logísticas que podem afetar os resultados e a imparcialidade das competições
  • Planejamento da temporada e futuras competições: Possivelmente a parte mais importante para o crescimento e desenvolvimento do esporte no futuro é a opinião dos atletas ser importante quanto à próxima temporada e que qualquer outra interação seja planejada, já que eles são os que realmente entram na arena.

Um grande passo para os atletas: Todo grande esporte profissional, com exceção do MMA, tem um sindicato ou associação de jogadores que provê representação e negociação coletiva em nome dos atletas. Isso também é um elemento-chave para garantir que jogadores e atletas não sejam comandados por corporações e empresas apenas com seus interesses próprios em mente.

  • Brent Fikowski, Membro do Comitê Executivo da PFAA: “Isso está para acontecer há muito tempo, é algo que eu me lembro de ouvir os atletas falando desde que eu comecei no esporte em 2012. As peças estão sendo colocadas no lugar para tornar o esporte realmente profissional, com consistência e imparcialidade. Há um desejo de ter uma voz mais relevante, é um clichê mas sem atletas não tem esporte. Com a ajuda de outros atletas e a orientação inestimável da Gretchen Kittelberger (Presidente da IF3), eu incorporei a associação no dia 16 de Junho. A melhor hora de plantar uma árvore era 20 anos atrás, a segunda melhor hora é agora, então estamos mergulhando de cabeça e estou confiante de que podemos trabalhar juntos para fazer ótimas mudanças.”
  • Matt O’Keefe, Presidente da Loud and Live Sports: “Esse é um passo essencial para o amadurecimento do esporte, para que ele possa realmente crescer. Daqui a dez anos, a integração dos atletas buscando uma voz mais relevante vai se destacar como uma das peças-chave para ajudar o esporte a alcançar novos patamares, em benefícios de todos envolvidos em todos os níveis.” 
  • Steph Chung, Membro do Comitê Executivo da PFAA: “Eu estou muito animada e honrada de fazer parte da construção da PFAA com os outros membros do Comitê Executivo interino. Unificar os atletas e expressar nossas necessidades como uma única organização é um grande passo para a profissionalização do nosso esporte. Todos nós queremos ver o esporte crescer, expandir, e melhorar, e tem sido muito inspirador juntar nossas ideais e trabalhar para promover mudanças positivas! Eu estou muito otimista com o futuro do esporte e as oportunidades ele vai gerar nos próximos anos.” 

A PFAA ainda está no início do seu desenvolvimento e muitos detalhes ainda precisam ser resolvidos, mas o mais crucial passo em qualquer momento de progresso é o primeiro. Sem dúvidas os atletas são mais fortes juntos, e para o esporte evoluir e alcançar seu potencial, a unificação vai ser uma necessidade.

Get the Newsletter

For a daily digest of all things CrossFit. Community, Competitions, Athletes, Tips, Recipes, Deals and more.

This field is for validation purposes and should be left unchanged.